Sintomas = Dor

A principio, dor é "uma experiência sensorial e emocional desagradável associada a dano tecidual real ou potencial, como descrito em termos de tal lesão".

A palavra "Dor" vem provavelmente do francês antigo (peine), latim (poena - dor punição), ou da Grécia Antiga (poine - uma palavra mais relacionado à pena), ou uma combinação dos três.

A dor é relacionada a uma sensação que dói. Se você sentir a dor que dói, você sente desconforto, angústia e agonia, dependendo da gravidade da dor. A dor pode ser constante e permanente. Pode ser uma dor forte ou uma dor pulsante. A dor pode ter uma sensação de beliscar ou de uma facada.

 

Somente a pessoa que está experimentando a dor pode descrevê-lo adequadamente. A dor é uma experiência muito individual.

Tipos de dor:


Dor aguda - uma dor intensa e de curta duração. A dor aguda pode ser uma indicação de uma lesão. Quando a lesão cura a dor geralmente desaparece.

Dor crônica - essa sensação dura muito mais tempo do que a dor aguda. A dor crônica pode ser leve ou intensa (grave).


A dor pode ser nociceptiva, não nociceptiva, somática, visceral, neuropática ou psicogênica.

Dor nociceptiva - os receptores específicos de dor são estimulados. Esses receptores produzem a sensação de temperatura (quente / frio), alongamento, vibração e substâncias químicas liberadas das células danificadas.

  • Dor Somática - A dor sentida na pele, músculos, articulações, ossos e ligamentos. O termo dor músculo-esquelético significa dor somática. Os receptores da dor são sensíveis à temperatura (quente / frio), a vibração, e alongamento (nos músculos). Eles também são sensíveis à inflamação, como se você se cortar, algo que causa dano ao tecido. Dor como um resultado da falta de oxigênio, como em cãibras musculares isquêmicas, são um tipo de dor nociceptiva. A dor somática é geralmente aguda e bem localizada - se você tocá-la a dor vai piorar.

  • Dor Visceral - um tipo de dor nociceptiva. Sente-se em órgãos internos e cavidades do corpo principal. As cavidades são divididas em tórax (pulmão e coração), abdome (intestino, fígado, baço e rins), e da pelve (ovários, bexiga e útero). Os receptores da dor – percebem inflamação, alongamento e isquemia (falta de oxigênio).

A dor visceral é mais difícil de localizar do que a dor somática. Cólicas e sensações cólicas são geralmente tipos de dor visceral. A dor visceral normalmente se refere a algum tipo de dor nas costas - dor pélvica geralmente é sentida (dor referida) na parte inferior das costas, dor abdominal para o meio das costas e dor torácica até a parte superior das costas (veja abaixo o significado da dor referida).

Dor do Nervo ou dor Neuropática: 


A dor no nervo também é conhecida como dor neuropática. É um tipo de dor não-nociceptiva. Ele vem de dentro do próprio sistema nervoso. As pessoas geralmente se referem a ele como nervo comprimido, ou nervo pinçado. A dor pode se originar dos nervos entre os tecidos e a medula espinhal (sistema nervoso periférico) ou os nervos entre a medula e o cérebro (sistema nervoso central).

A dor neuropática pode ser causada por degeneração do nervo, como pode ser o caso de um acidente vascular cerebral (AVC), esclerose múltipla, ou privação de oxigênio. Pode ser devido a um nervo pinçado, o que significa que há pressão sobre o nervo. Um disco comprometido irá causar a inflamação do nervo, que por vez irá provocar dor neuropática. A infecção do nervo, tais como no caso de Herpes Zoster, também pode causar dor neuropática.

A dor que vem do sistema nervoso é  categorizado com não-nociceptiva, porque não há receptores de dor específica. Nociceptiva neste contexto significa responder à dor. Quando um nervo é ferido torna-se instável e seu sistema de sinalização torna-se confusa e sem direção. O cérebro interpreta esses sinais anormais como a dor. Esta aleatoriedade também pode causar outras sensações, tais como dormência, formigamento, sensação de formigueiro, e hipersensibilidade à vibração, temperatura e tato. Nestes casos, a dor pode ser imprevisível.

Dor Psicogênica:


O sistema nervoso simpático controla o nosso fluxo de sangue para a nossa pele e músculos, a transpiração (suor) pela pele, e o tempo que leva o sistema nervoso periférico para funcionar.


Dor psicogênica geralmente ocorre após uma fratura ou lesão dos tecidos moles dos membros. Essa dor é não-nociceptiva- não existem receptores de dor específica. Tal como acontece com a dor neuropática, o nervo é lesado, se tornando instável, e dispara de maneira aleatória, caótica, com sinais anormais no cérebro, que interpreta como dor.


Geralmente, com este tipo de dor na pele e na área ao redor da lesão torna-se extremamente sensível. A dor muitas vezes é tão intensa que a pessoa não se atreve a usar o braço ou perna afetada. Falta de uso do membro após um tempo pode causar outros problemas, como perda de massa muscular, osteoporose e rigidez nas articulações.

Dor referida:


Também conhecida como dor reflexiva. Quando a dor é sentida ao lado ou a uma distância da origem de uma lesão é chamada dor referida. Por exemplo, quando uma pessoa tem um ataque cardíaco, embora a área afetada é o coração; a dor é sentida, por vezes, ao redor dos ombros, costas e pescoço, em vez de no peito. Nós soubemos sobre a dor referida por séculos, mas nós ainda não sabemos a sua origem e o que ela provoca.

 

Muitos sintomas que sentimos no corpo não estão no mesmo local físico do da causa. Tratar o sintoma provoca apenas um alívio temporário. É necessário localizar e tratar a causa.

© 2009-2019 Mestre Sammy.  A informação neste site e as terapias holísticas do Mestre Sammy não são substitutos para diagnóstico ou tratamento medico. Nós não praticamos medicina ou fisioterapia. Protegido por lei 5991, Artigo 13. CBO 3221-15, 3221-25, 2261-05, 2261-10.

  • Instagram - Black Circle
  • b-facebook
  • Twitter Round