Bioressonância Quântica Magnética 

19 3307 9666

O que é a Bioressonância? A Bioressonância Quântica Magnética (Bioressonância) é um analisador avançado e não invasivo, totalmente indolor, para avaliação física quântica e check-up de sistemas, utilizando a ressonância de ondas de luz, digitalização e detecção do estado funcional do corpo humano, rastreando gradualmente as condições anormais nos tecidos, células, cromossomos, estruturas de DNA, moléculas ou órgãos inteiros, proporcionando a terapia holística adequada.

 

Como funciona? Toda a informação sobre o estado do seu corpo está no cérebro. Usamos sensores de conexão especiais na forma de fones de ouvido para se conectar. Por outro lado, utilizamos o software de última geração para obter esses dados e decodificá-los para criar uma visualização na forma de modelos tridimensionais de órgãos, tecidos e células.

 

O princípio do método: A análise de Bioressonância baseia-se na obtenção de informações sobre o equilíbrio da saúde usando o computador e programas especiais. Os dados sobre um estado objetivo dos tecidos do corpo, células, cromossomos e mesmo hormônios estão sendo transmitidos em tempo real instantâneo e decodificados na forma de avaliações e recomendações específicas.

Tecnologia de Bioressonância:  A Bioressonância é basicamente a interação entre os organismos e a sua frequência, padrões que encerram ou surgem em ressonância devido ao movimento de organismos. A tecnologia de Bioressonância trabalha em colaboração com o biofeedback de dispositivos que são conhecidos como "máquinas cerebrais" ou amplificadores psicofísicos.

 

Quem usa este equipamento: As pessoas que se enquadram em qualquer uma das seguintes categorias podem se beneficiar dos resultados da Bioressonância: Médicos, Neuropatas, Osteopatas, Quiropraxistas, e Praticantes de Medicina Alternativa CAM. Originalmente desenvolvido por cientistas russos, existem 8000 sistemas funcionando principalmente na Rússia e Europa.

 

 

 

O processo que se desencadeia é a leitura, processamento e análise de informações discernidas a partir da saída de ondas eletromagnéticas emitidas pelo corpo humano, possibilitando a definição do caráter, origens e grau de processos potencialmente nocivos. O equipamento decodifica essa informação durante uma sessão e também pode prever aproximadamente a futura dinâmica da saúde.

 

A digitalização é realizada por meio de indutores magnéticos, que são sensores de gatilho especiais capazes de medir o estado das células no corpo humano, bem como a atividade de bactérias, parasitas e outros agentes que o habitam. A Bioressonância visa o cérebro subcortical - o maior repositório de informações sobre o processo em curso dentro de um organismo.

 

As informações recebidas durante uma sessão de análise são reformadas em um sinal digital, que posteriormente é descodificado e analisado pelo software exclusivo. O banco de dados de software da contém um total de mais de 10.000 etalons espectrais de várias preparações e especificações.

 

Os sistemas de análise não lineares (Bioressonancia Quantica Magnetica) são as tecnologias de informação mais avançadas disponíveis neste século e podem ser considerados a realização mais notável e vantajosa da ciência natural moderna (não alopática). O equipamento baseia-se na análise espectral do campo magnético de vórtice de qualquer objeto biológico. É absolutamente único e incomparável no mundo de hoje.

 

O sistema de hardware e software desenvolvido por ciêntistas no Instituto de Psicofísica Prática (Russia), permite a produção de uma atividade bioelétrica predefinida de neurônios cerebrais. Com esta atividade como pano de fundo torna-se possível amplificar seletivamente sinais dificilmente detectáveis ​​em relação às flutuações estatísticas e, em seguida, isolar e decodificar a informação que eles contêm.

 

De certa forma, o sistema leva os rolamentos desta radiação exatamente onde se origina para decodificá-lo e exibi-lo na tela do computador onde um modelo virtual do órgão é produzido em cores específicas.

 

Os modelos de computador também conferem uma projeção de três dimensões dos órgãos internos. As marcas coloridas colocadas sobre a imagem tornam mais fácil para determinar o local dos processos patológicos. É possível julgar o processo de desintegração dessas estruturas biológicas baseado no desequilibrio, comparando a gama de cores das marcas e seu arranjo no modelo de computador do órgão, usando a dinâmica de sua mudança ao longo de um período de tempo .

 

Para definir um desequilibrio em uma área, é necessário investigar níveis mais profundos do órgão produzido na tela pelo computador até que o desequilibiro seja localizado.

 

Depois de ler as características de frequência do objeto biológico investigado, o sistema compara o grau de sua similaridade espectral com tecido ou agentes saudáveis ​​ou patologicamente afetados para obter os processos ou tendências patológicas mais próximos.

 

Diferentemente da tomografia computadorizada e da RMN, a análise da Bioressonancia não requer campos de alta intensidade. Nota-se que a Bioressonância Quântica Magnética não é substituto para exame e diagnóstico médico (de acordo com leis do Brasil), e estes devem ser feitos por um medico qualificado.

Mais detalhes:

Mais detalhes:

Bioressonância Quântica - Detalhes

© 2009-2018 Mestre Sammy.  A informação neste site e as terapias holísticas do Mestre Sammy não são substitutos para diagnóstico ou tratamento medico. Nós não praticamos medicina ou fisioterapia. Protegido por lei 5991, Artigo 13. CBO 3221-15, 3221-25, 2261-05, 2261-10.

  • Instagram - Black Circle
  • b-facebook
  • Twitter Round
Dor

Dor cervical